quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Lá vem ele de novo...


Algumas semanas antes dos novos congressistas tomarem posse na Venezuela, o Coronel Chávez conseguiu "poderes especiais" para legislar por decreto. Leia-se: mandar sem dar satisfação. Diz ele que é por causa das chuvas, da calamidade que se abateu sobre o país...duvido.

O dirigente é papo firme. Gostou do poder, se inebriou com seus próprios discursos e agora caminha para a eternidade sonhada por todos os candidatos a tiranos. Entrar para a história, fazendo sua própria história em nome do povo, da nação e dos amigos. Claro. Nada melhor que uma ditadura para ajudar a rapaziada que toma uísque junta no fim de semana. Ainda mais quando quem paga a conta são os outros.