terça-feira, 31 de maio de 2011

Conferência do Ano Internacional das Florestas 2011




Nesta sexta-feira, dia 03 de junho, a Humanitare (entidade ligada à ONU) realizará a Conferência do Ano Internacional das Florestas 2011: um evento pela conservação de todos os tipos de florestas - nosso santuários da biodiversidade e patrimônio das gerações presentes e futuras.



O evento contará com painéis que terão a participação de dirigentes da ONU, jornalistas, empresas, blogueiros e artistas além do lançamento de dois projetos: o Festival Internacional de Filmes de Florestas e o Projeto MudaRock, com pocket show da cantora Pitty.



Após a batalha de opiniões no Congresso Nacional sobre o Código Florestal, este evento é obrigatório para quem pensa no amanhã. Mais do que um encontro ambientalista, trata-se de um encontro político já que a defesa do meio ambiente é hoje uma bandeira genuína de cidadãos planetários mas também usada e abusada por políticos que da noite para o dia tornaram-se "verdes desde criancinhas". Nada contra o discurso verde, mas é preciso colocar em prática ações que preservem ou explorem de maneira sustentável os recursos das florestas. Sabendo usar não vai faltar - já dizia um slogan antigo, perfeitamente ajustável para um tempo que vê nascer a consciência crescente por uma biocivilização.



Mais ética, pois mais includente. Mais pacífica pois socialmente solidária e ambientalmente justa.



A Agência Ideal é quem coordena a comunicação do evento.








segunda-feira, 23 de maio de 2011

É lobby ou tráfico de influência?



Já passou da hora de se discutir às claras a questão do lobby no Brasil. Chega de bastidor, intriga palaciana, negociações nas sombras. Tudo o que não é transparente no governo corre o risco de ser interpretado como corrupção.






A questão agora fica mais evidente com o Exmo. Sr. Palocci voltando a ser ministro após uma curta porém rentosa passagem pela iniciativa privada. Como consultor faturou muito mais do que como ministro. Mas pelo discurso trata-se de um patriota. Pelo imposto de renda, parece um agiota. E ficamos assim?






Como será que a FSB vai atuar para reconstruiur ou mesmo"blindar" (será possível?) a imagem do ministro? Vamos tuitar e falar sobre isso...figuras públicas com benefícios privados não combinam. Mas, isso não é problema para uma boa assessoria de imprensa e relações governamentais, não é mesmo?






Leia mais:



domingo, 1 de maio de 2011

Enquanto isso na China...






Mais um dissidente político é perseguido pela polícia política do regime comunista chinês. Desta vez foi Ai Weiwei quem desapareceu, acusado de conspurcar os valores da soberania e da juventude chinesa. Weiwei tem obras de cunho político e divulgou pela internet suas críticas adquirindo milhares de fãs pela web. Para ele, tudo é arte e tudo é político e por isso, suas obras e opiniões não eram bem aceitas pelo poderoso partidão chinês.



Weiwei está preso e seu destino é incerto, assim como o de milhares de outros "inimigos" políticos.