domingo, 1 de maio de 2011

Enquanto isso na China...






Mais um dissidente político é perseguido pela polícia política do regime comunista chinês. Desta vez foi Ai Weiwei quem desapareceu, acusado de conspurcar os valores da soberania e da juventude chinesa. Weiwei tem obras de cunho político e divulgou pela internet suas críticas adquirindo milhares de fãs pela web. Para ele, tudo é arte e tudo é político e por isso, suas obras e opiniões não eram bem aceitas pelo poderoso partidão chinês.



Weiwei está preso e seu destino é incerto, assim como o de milhares de outros "inimigos" políticos.













Nenhum comentário: