domingo, 26 de abril de 2009

Imprensa.

O escritor João Ubaldo Ribeiro trouxe hoje nas páginas do O Globo o texto "Enrolação que não cola mais". Vou reproduzir um trecho abaixo, sobre a imprensa - e a saraivada de críticas que ela recebe dos políticos e de quem esta no poder mas só gosta de ouvir bajulações.

Compartilhando:

"A imprensa nunca vai deixar de ser essencial aos governantes, notadamente os incompetentes e corruptos, porque sem ela não haveria em quem pôr a culpa dos desmandos, malfeitorias, burrices e simples e puros crimes por eles cometidos e pela imprensa denunciados. Responsabilizar a imprensa, por si só, já mostra desdém pela inteligênciade quem ouve e lê. (...)

Devia estar acostumado, portanto, a essa perpétua conversa de que o culpado pelo que de mau acontece é a imprensa, um absurdo tão patente que já deveria ter caído em desuso. Mas não caiu."

Leia na íntegra em:http://www.dm.com.br/materias/show/t/enrolacao_que_nao_cola_mais

domingo, 19 de abril de 2009

Governo tem que ter publicidade?

Leio neste domingo no O Globo que os investimentos em publicidade da Presidência da República cresceram 24,9% neste primeiro trimestre do ano, em relação ao mesmo período do ano passado.

Sei que qualquer governo, federal, estadual ou municipal precisa de uma dotação orçamentária para publicidade de questões de utilidade pública - vacinação infantil, campanhas de trânsito, questões de defesa civil etc etc. Mas institucional, precisa? Em tempos de "apertar os cintos" é preciso pé no chão com gastos em publicidade cuja verba vem dos impostos. Diferente das empresas privadas: numa crise, quem anuncia, tem mais chance de sair melhor lá na frente quando a crise passar. Afinal, como dizia um conhecido Diretor de Relações externas, maigo meu: quem não é visto não é lembrado...Ahn, está explicado o aumento dos gastos em publicidade do governo!