sábado, 6 de outubro de 2012

"A liberdade está sofrendo bullying".

Frase de Gilberto Leifert ancorou os debates da Comissão da liberdade de expressão e democracia.

O arcebispo sul-africano Desmond Tutu, um símbolo vivo da luta pela liberdade, havia acabado de deixar o palco principal do V Congresso de Comunicação. A plateia ainda estava extasiada pelo simples e poderoso discurso de Tutu, que pregava a liberdade acima de qualquer outra esfera da sociedade humana. Foi um cenário oportuno para que o presidente do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar), Gilberto Leifert, soltasse uma frase capaz de mexer com os brios do público e dar a tônica da discussão que viria a seguir: "a liberdade de expressão está sofrendo bullying".

Primeira comissão dessa edição do Congresso de Comunicação, Liberdade de Expressão e Democracia foi moderada por Dalton Pastore, presidente do ForCom e contou, além da participação do presidente do Conar, com as presenças do presidente do Grupo Abril, Roberto Civita e do ministro e presidente do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres Britto. No palco, o tema que dominou a discussão foi a luta para assegurar a liberdade de expressão comercial nas campanhas publicitárias e na imprensa em um cenário onde o cerco do "politicamente correto" para cada vez mais fechado.